O Programa do Chega

Quando tornei público no Último Apaga a Luz o programa do Chega este foi partilhado e visto por mais de 400 mil pessoas, previ de imediato que o iam tirar do site, o que aconteceu já esta semana. Fiz download antes, aqui em link têm as barbaridades onde se propõe acabar com o Estado Social, acabar com as escolas e os hospitais onde estão os filhos dos polícias e GNRs, acabar com as carreiras e os salários. Mas Ventura surpreendeu-me. É que eu já tinha visto políticos dar o dito pelo não dito, mas destas forma é inédito, trata-se do grau zero da ética e da moralidade política. Ventura fez algo inédito na história da vida portuguesa, com uma linguagem que jamais tinha sido usada pelo pior dos políticos – o Chega anunciou esta semana “uma clarificação em sentido inverso”, ou seja, ser eleito com um programa e mudá-lo totalmente um mês depois. Um pequeno Estaline que em vez de fotografias apaga as ideias com que foi eleito, ideias que fazem de Passos Coelho e do PSD, que o pariu, um menino doce. Os portugueses têm suportado políticos ignóbeis em anos de Governação, o PS governa o declínio, sem oposição infelizmente. Mas nunca vimos nada tão baixo como este troca tintas do Ventura, este senhor que hoje vive de ser deputado, do orçamento público, e ao sabor do vento muda o programa no sentido “totalmente inverso”. É bom que quem votou nele e o aplaudiu na manifestação corrija rapidamente o erro (podemos errar, mas não persistir nos erros), e deixe de pensar como se tivesse 5 anos – “dizer umas verdades” não faz de ninguém uma pessoa séria.
Em Link o Programa do Chega – uma demonstração nunca vista do mais baixo que uma sociedade pode descer.

Programa do Chega em Link
PROGRAMA_POLÍTICO_2019_CHEGA-2

Advertisement

10 thoughts on “O Programa do Chega

  1. Bom dia
    Mas que outra coisa seria de esperar de alguém que para ser doutor elabora uma tese de doutoramento assente em tudo aquilo que combate porque sabe que se apresentasse uma tese de doutoramento assente em tudo o que defende nunca teria ninguém que assumisse ser seu orientador e como tal nunca seria doutor. Logo tem que alterar o programa colocando lá algumas coisas que nunca aplicará e que lhe permitirá arrebatar mais uns botinhas. Ou seja um vigário sem vergonha na cara!

  2. Se fores ver o programa do Chega agora pedem-te password como se um programa de um partido não devesse ser lido e escrutinado Um partido à margem da lei

  3. Entretanto o CDS está em vias de desaparecer e o CHEGA não tarda muito está com 10% de intenções de voto.
    Habituem-se que depois custa menos.

  4. Parabéns, Dra. Varela!

    Conseguiu desmascarar tal figura triste da Direita e também forçá-la a contradizer-se.

    E, apenas um aviso, sobre redes sociais e afins…

    Tudo o que são os principais serviços de partilhas sociais geridos pelo Grande Capital são conhecidos por praticar *censura*, geralmente de modo encoberto.

    O Facebook sempre foi o expoente máximo de tal prática (razão pela qual já não se encontra nesta rede quase ninguém que tenha algo de jeito ou de verdadeiramente revelador a dizer) – sendo antes esta constituída quase só por alienados, que partilham coisas sem interesse entre si.

    Mas, também os serviços de alojamento de vídeos e blogues – como os da Google (YouTube, Blogger) – censuram. E, até a própria WordPress, onde você tem alojado este seu blogue, já tem feito vários comentários meus aqui desaparecerem (i.e. nunca chegarem sequer a poder ser ou não aprovados) – e, muito mais grave do que isso, já eliminou, sem real justificação, o blogue de um muito conhecido jornalista de investigação: h*tps://assets.infowarsmedia.com/videos/bffb5b55-4ae4-4a83-8aea-b48d8f22ba1e.mp4

    (Relativamente aos serviços da Google, posso apresentar provas do que a mim já aconteceu. Mas, quanto à WordPress, como os comentários aqui têm geralmente de ser aprovados antes de aparecerem – i.e. desaparecem logo após o seu envio (em vez de tal acontecer, visivelmente, após terem sido já publicados) – não posso apresentar provas de tal censura. Mas, como já demonstrei anteriormente, tem o exemplo do que notoriamente aconteceu já a um conhecido jornalista com todo o seu blogue, que estava alojado aqui na WordPress: h*tps://jonrappoport.wordpress.com/ + h*tps://en.forums.wordpress.com/topic/wordpress-censorship-of-jon-rappoport/)

    • P.S. – Peço desculpa. Estou já tão habituado a deparar-me com censura por parte dos Facebook, Twitter e afins, que parti do princípio (errado) de que tinha sido do “site” do Facebook que tinha sido retirado o ficheiro em causa (e, daí ter eu feito o comentário que fiz). Mas, percebo agora que foi do “site” do Chega que desapareceu o documento… De qualquer modo, o comentário que fiz (a alertá-la para a censura existente em vários dos “sites” que utiliza) mantém a sua utilidade.

  5. O que leva à irracionalidade de votar num partido sem conhecer o seu programa? Talvez o mesmo que faz com que continuemos a chamar ao PS partido socialista ou ao PSD um partido de democratas, este engano consentido é um bom retrato do nosso momento actual. Quando já ninguém diz verdade a mentira deixa de existir, a urgência da mudança faz o resto, cria a improvável empatia entre pessoas que apenas têm em comum a vontade de existir.

  6. A pior linguagem alguma vez vista no Parlamento, foi e ainda é, a linguagem gestual do Ministro Manuel Pinho. A decadência no Parlamento é tal, que não se coloca qual a pior mas, haverá alguma boa linguagem,
    Quer se goste ou não do deputado Ventura, ele diz o que todos os outros pensam mas, por questões de coerência, não podem dizer. Dar o dito por não dito, mentir e aldrabar, é linguagem corrente do Parlamento. Todos nós, dez milhões de Portugueses, sabemos bem disso. Todos, sem excepção, fazem disso profissão. Também sabemos que gente séria, honesta, foge da politica, vá lá saber-se porquê!
    Na minha opinião, o Ventura não vai se governo ( e ele sabe bem disso ) mas que é uma bufada da voz do (dito) Povo, é e disto, não haja a menor dúvida.

  7. Os oportunistas existem em todos os partidos, e o partido em questão não foge à regra, e para mais de, indevidos que tem posições fascistas… Com apoio de muitos daqueles que se dizem democratas…

  8. Mas desde quando o CHEGA pratica democracia, quando apaga posts e bloqueia quem vai á sua página e critica ou discorda?. Isso passou-se comigo. E quando mandei uma mensagem pessoal a André Ventura, perante a eventualidade de isso estar a passar-se por quem toma conta da página e ele não ter conhecimento, a bela resposta que tive foi “…Olá, obrigado pelo seu apoio. Não me é possível responder a todas as mensagens. Obrigado pela Compreensão. André Ventura…” ´Está no histórico das minhas mensagens do Facebook.
    Pena tenho eu de não ter conhecimentos informáticos para saber se poderia recuperar tudo o que escrevi na página do Chega, apesar deles terem apagado . Gostava de mostrar o que escrevi e como as pessoas confirmariam que nada constava.
    No tempo do fascismo é que havia a censura e o lápis azul.
    Ai se fizessem o mesmo a André Ventura .Não faltariam as queixinhas, a vitimização, e a bandeira da democracia. Mas praticam aquilo que não querem que façam a eles

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s