Sobre mim/About me

Raquel Varela é historiadora, investigadora e professora universitária. Em fevereiro de 2021 realizou as suas provas de Provas de Agregação no ramo de História, com especialidade em História Contemporânea, na FCSH/Universidade Nova de Lisboa (aprovadas por unanimidade). Em 2020 recebeu o Prémio da Associação Ibero-Americana de Comunicação/Universidade de Oviedo, Espanha, pelo seu contributo para a história global do trabalho e dos movimentos sociais. Em 2020 foi a primeira distinguida com a bolsa de investigação Simone Veil, Project Europe-Universidade de Munique. Em 2021, foi visiting fellow no Instituto de Estudos Globais Europeus da Universidade de Basileia, Suiça. É investigadora da Fundação para a Ciência e Tecnologia / FCSH-Universidade Nova de Lisboa, honorary fellow do International Institute for Social History (Amsterdam) e, desde 2011, Group Leader (História Global do Trabalho e dos Conflitos Sociais) na FCSH-UNL. Varela coordena o Observatório para as Condições de Vida e Trabalho na FCSH/Nova4Globe. Em 2021 fundou o Social Data - Plataforma Digital de Ciências Sociais na FCSH/Nova4Globe, que coordena. Em 2013 e 2020 recebeu o Santander Prize for Internationalization of Scientific Production (UNL). É membro credenciado do Programa de Doutoramento/Mestrado em História da Universidade Federal Fluminense (Rio de Janeiro, Brasil). Foi professora visitante internacional (2015-2019) no Programa de Pós-Graduação de História da UFF, Rio de Janeiro, Brasil, onde foi responsável por unidades curriculares em História Global do Trabalho. É professora no ISEC na área de História das Relações Laborais. Foi coordenadora (2011-2020) do Projeto Internacional de História Global do Trabalho In The Same Boat? Shipbuilding Industry – a Global Labour History, a partir do ISSH Amsterdão/Países Baixos. Autora e coordenadora de 37 livros sobre história do trabalho, do Estado Social, de Portugal, da Europa, do movimento operário e história global. Vários dos livros estão traduzidos em alemão, francês e inglês. Publicou como autora 70 artigos em revistas com arbitragem científica, na área da história, sociologia, educação, economia, serviço social e ciência política indexados no ISI Thompson, CAPES Qualis A, Scopus, entre outros. Autora de 87 capítulos publicados em livros em Portugal, EUA, Reino Unido, França, Brasil, Espanha, Hungria, Grécia e França. Fez 194 palestras por convite realizadas em mais de 50 instituições nacionais e estrangeiras. Coordenou/na 17 projetos nacionais e internacionais. Orienta vários pós-doutoramentos, doutoramentos, mestrados e bolsas-sandwich. É membro do editorial board das revistas académicas Jornal of Labour and Society (Web of Science) e Workers of the World (IASSC) e deputy editor da revista Critique. Journal of Socialist Theory (Uni. Glasgow, Scopus 4). É fundadora da Rede de Estudos Globais do Trabalho (Nova Delhi/Índia). É membro convidado do Board of Trustees of the ITH-International Conference of Labour and Social History (Áustria), a mais antiga associação de estudos do trabalho na Europa. É membro do Karl Polanyi Centre for Global Social Studies e da  European Network in Universal and Global History (ENIUGH). É actualmente presidente da International Association Strikes and Social Conflicts, uma rede global de académicos e 20 instituições presentes na Europa do Norte e do Sul, América do Norte e do Sul, Ásia, África e Austrália. Foi responsável científica das comemorações oficiais dos 40 anos do 25 de Abril (2014). Foi avaliadora internacional do CNPQ Brasil. Foi curadora da Exposição “Quando mudamos um país ele muda-nos com ele”, 45 anos do 25 de Abril, 2019. É editora convidada da secção de trabalho e movimentos sociais da editora britânica Pluto Press, Londres. Raquel Varela é há 7 anos comentadora residente do programa semanal de debate público O Último Apaga a Luz, no canal público de televisão RTP 3, participa semanalmente no programa de rádio Palavra de Honra, e escreve regularmente nos principais jornais nacionais, entre eles o jornal Público. Raquel Varela é uma das mais importantes divulgadoras de ciência no país e desde 2010 participou em 197 eventos de divulgação científica. É responsável, desde 2018, pelo programa de história pública Conversas com História, no Centro Cultural de Belém. 
Raquel Varela fez a sua licenciatura Pré-Bolonha (17 valores) em História Moderna e Contemporânea, em 2005, no ISCTE-IUL, uma pós-graduação (17 valores) em História Moderna e Contemporânea na FCSH Universidade Nova de Lisboa e o seu doutoramento (cum laude) em História Política e Institucional no ISCTE, Instituto Universitário de Lisboa, em 2010 (orientação António Costa Pinto, ICS/USCTE e Carlos Taibo, U. Autónoma de Madrid). Fez o seu pós-doutoramento (2010-2016) em culturas de trabalho (IHC-FCSH/UNL), e em História Global do Trabalho em 2013 no IISH Amsterdam. Frequentou a Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (1997-2000).