Burnout Desgaste Doença Mental

Caros amigos, a quem segue a página, deixo em link os nossos estudos, ou resumos dos mesmos, sobre burnout, desgaste, condições e organização do trabalho. Agradeço as mensagens enviadas a propósito do programa Prós e Contras. Esta minha página não aceita mais “amigos” mas aceita “seguidores”, são muito bem vindos a ficar por aqui a debater estes e outros temas.
https://observatoriocondicoesvidaetrabalho.wordpress.com/projetos/

Advertisement

Burnout e desgaste rápido

Durante um ano medimos e análisamos os coeficientes de burnout, desgaste, exaustão, condições de trabalho e vida do pessoal de voo em todas as companhias em Portugal. A taxa de exaustão é transversal a todas as companhias – e é a mais alta até hoje medida em Portugal – 92% dos profissionais mostram sinas de exaustão, com uma parte substancial de doenças já diagnosticadas relacionadas com o trabalho. Isto prende-se com uma combinação de factores de excesso de horas de horas de trabalho, desmotivação, sobrecarga, jetlag e turnos, entre outras variáveis mais complexas que estudámos. Na Ryanair contudo o burnout é 23% maior que a média de todas as outras companhias, e o assédio é 320% acima das outras companhias. 50% do pessoal de voo sente-se assediado, nas outras companhias a média é 15%. Os resultados serão apresentados por mim, pelo sociólogo Roberto Della Santa e pelo matemático Henrique Silveira, teremos ainda a presença do psiquiatra Coimbra de Mattos. A entrada é livre quer aos media quer aos investigadores de outras áreas e público em geral.