Helena Trindade Lopes, Professora Catedrática da UNL, História

Raquel VarelaAcabo de ler uma “coisa”, num jornal que já foi de referência, a propósito de Raquel Varela. Para primeira impressão digo já duas coisas:1) Denúncias anónimas? Não aceito, nem respeito…2) O cavalheiro que assinou o texto no Público se fosse minimamente informado saberia que ser editor de um livro é um registo e uma tarefa (de grande responsabilidade) e que escrever um artigo nesse livro é outra tarefa e, por isso, outro registo. No exemplo dado não há qualquer incorrecção. De resto, estas são mesmo as regras estipuladas para o preenchimento do CV no Ciência Viva que permitem aferir coisas distintas: edições de obras, por um lado e capítulos de obras ou artigos, por outro.Quando essa gente anónima – gente sem coluna vertebral, pidesca – quiser discutir estes temas na praça pública, eu estarei disponível para o fazer. Mas em voz alta, dando a cara, o nome, a reputação individual! Denunciantes anónimos 50 ANOS DEPOIS DE ABRIL?

1 thought on “Helena Trindade Lopes, Professora Catedrática da UNL, História

  1. Contextualizando um pouco, gostaria de recordar que a Raquel, há tempos atrás, era regularmente atacada sobretudo por alguns trolls ligados ao PC, agremiação que nunca aceita que outrem faça o que eles sempre se recusaram fazer.
    Agora, parece que a situação é diferente. Alguns sectores da direita sentem-se crescentemente incomodados com as posições públicas da Raquel e vai daí, andam afanosamente à procura de pretextos para tentar descredibilizar a académica, sem o conseguirem, evidentemente, pois a lama vem apenas deles próprios.
    Porque será?????

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s