Palavra de Honra

Hoje Portugal é um país de migrantes que se vê a braços com uma da suas maiores crises sociais com imigrantes na zona de Odemira. O que é ser migrante hoje? Quem é o “outro”, é assim tão diferente de “nós”? Há ou não um choque cultural, para além da evidente exploração de força de trabalho oriunda de países empobrecidos? A emigração é para uns um privilegio de escolha, mas para tantos contínua a ser um exílio económico? Como vai quem parte e como vem quem chega?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s