Perry Anderson sobre a Europa

Um artigo de Perry Anderson (para mim o melhor ensaísta vivo) é sempre um acontecimento. Como o propósito de uma revisão bibliográfica – como é comum nele – uma análise da Europa e da UE.”O golpe europeu” (LRB, Dec. 2020), de Perry Anderson, é a primeira peça de uma trilogia por vir sobre como a produção bibliológica da última década transformou o estado da arte (tacanho e oficioso) sobre aquilo que Anderson considera a última grande iniciativa de luta da classe do enquadramento capitalista internacional em um sentido forte do termo. Destaque para o aparecimento de “A Passagem para a Europa: como um continente transformou-se numa união” (London: Yale University Press, 2013), de Luuk Johannes van Middelaar. Têm cá 45 páginas de escrutínio rigoroso e afiada crítica sobre o autor e seu objeto. As próximas duas entregas hão de vir no próximo quatrimestre. Este primeiro material encontra-se, em acesso aberto, no site (Infelizmente, ainda não há por ora traduções neolatinas disponíveis.)”

Advertisement

1 thought on “Perry Anderson sobre a Europa

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s