O 25 de Abril começou em África

Ontem lançámos pela primeira vez em Portugal a tradução daquele que é para mim o melhor texto de história para entender o Portugal contemporâneo, o “Portugal e o Fim do Ultracolonialismo” do marxista britânico Perry Anderson, ainda vivo, com mais de 80 anos, e ainda com algumas das melhores análises sobre o que se passa neste mundo – ninguém quanto a mim compreendeu tão bem o Brasil de Bolsonaro ou a crise grega e a UE como Anderson. Este livro é obra de um esforço conjunto de vários investigadores do nosso Grupo de Estudos Globais do Trabalho da FCSH-UNL. Lá encontram outros textos, mas queria ainda destacar, também pela primeira vez, a tradução de parte do livro sobre Setúbal na Revolução dos Cravos, pelo Peter Robinson. A edição é da Humus Editora, o livro vhama-se O 25 de Abril começou em África.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s