Se não agora, quando?

Acabei-o hoje. Um dos livros da minha vida. Uma reflexão sobre a “identidade” a partir da resistência judaica. Nada é só o que parece ser. Uma lição de realidade e humanidade contra o dogmatismo identitário, contra a pureza étnica, e muito mais. Genial. Em tempos de identitarismos, Primo Levi leva-nos à profundeza da complexidade política, social e individual. O que é ser resistente, bolchevique, russo, judeu, judeu-russo, polaco, polaco salvo por russos, russos mortos a salvar polacos, russos a matar polacos, polacos a matar judeus, judeus a salvar russos, ser judeu da Sibéria ou da França, as várias frações do sionismo, ser italiano, ser italiano comunista, ser judeu músico, ser judeu rico, ser um não nazi na Alemanha nazi, e muito mais. A realidade muito mais rica do que a “identidade”. Uma escrita, além do mais, perfeita, sem pedras, sem soluços, sem falsas emoções, sem falsos desesperos e sem falsas esperanças. Um mergulho na mais apaixonante realidade.
https://www.wook.pt/livro/se-nao-agora-quando-primo-levi/15934303

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s