A Grande Balda

Lembram-se das notícias que diziam que o terceiro período só ia contar 20% e que os alunos não iam ser prejudicados? Em Linda a Velha, Oeiras, decidiram que o terceiro período não poderia contar mais do que 20% para a nota. À semelhança de outras escolas. Em muitas os professores decidiram ainda que os alunos não teriam notas menores do que tiveram no segundo período. A mudar a nota, só para melhor. No liceu de Oeiras, na mesma Oeiras, a apenas 5 km, decidiram que a avaliação do terceiro período iria ser idêntica como se não tivesse existido pandemia ou ensino on-line. Parece que esta decisão foi tomada ao abrigo da “autonomia” dada pelo Ministério. Naturalmente é um caso para tribunais já que estes alunos concorrerão em pé de igualdade ao ensino superior. É portanto ilegal e inconstitucional. Por esse país fora multiplicam-se os casos semelhantes. Escolas lado a lado com critérios díspares. É uma afronta a quem paga impostos para o ensino universal. Não é autonomia. É a arbitrariedade, a falta de seriedade (um terceiro período “normal”, dizem), como sempre, tudo pago por nós. E claro, numas escolas os professores foram parte da solução (não baixar notas e reconhecer a excepção da pandemia), noutros foram cúmplices destes actos discricionários e irracionais pedagogicamente – avaliaram alunos on-line como se fosse um ensino regular presencial (sem palavras…). O Ministério está em silêncio deixando que cada director seja elogiado ou crucificado, quando se exigia do poder central a revisão imediata destas notas e a padronização de critérios com vista à igualdade de oportunidades – o mínimo que se exige num regime democrático. Ou isso ou comecem a publicar um ranking de critérios de avaliação para os pais decidirem onde a avaliação é mais sensata, irracional, uma balda, muito exigente, séria ou inflacionada, estilo cardápio ao serviço de cada freguês…assim podemos dizer que a escola deixou de ser universal e é um produto de consumo mercantil. Deprimente.
PS – há ainda escolas onde decidiram que o 3 período só conta 10%.

2 thoughts on “A Grande Balda

  1. O governo e seu ministério no seu “melhor”!
    Cabe aqui todos os país, alunos e professores tomarem uma posição o mais rápido possível. Tendo em conta que os alunos não estão em pé de igualdade, uma posição antidemocrática e divisionistas, para não dizer outra coisa…:
    Escolas Publicas efetivamente gratuitas em todos os graus de Ensino, abolição das propinas , no ensino superior público e acesso gratuito aos transportes público e assistência médica
    Por Fim:
    Onde andam os deputados ditos de esquerda que se encontram na Assembleia da República?

  2. “ao abrigo da “autonomia” dada pelo Ministério. Naturalmente é um caso para tribunais … Não é autonomia. É a arbitrariedade”

    E acrescento mais uma:

    As listas dos profs nos 5º e 7º escalão não são (dem)érito. São desigualdade.

    E ainda, outra:

    Se fossem eleições agora, o PS ganharia com maioria absoluta. O ” nosso primeiro” tem 60% a 70% de simpatizantes.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s