O normal anormal

Hoje um belo artigo no Público, de Natália Faria, explica o sucesso do caso português no combate à COVID-19 do ponto de vista da obediência ao isolamento. O panorama é avassalador: o isolamento social dos idosos já era norma, longos períodos sozinhos; as crianças já passavam grande parte do dia sozinhas, com computadores, sem vida social além da internet. Acrescento: há milhares de pessoas que vivem sozinhas, sem vida social, teatros cinemas ou restaurantes, amantes, namorados, companheiros e amigos. As crianças e jovens neste país vivem com os telemóveis uma relação análoga ao ópio na China, não brincam colectivamente, nem sabem fazê-lo quando têm oportunidade. Os idosos estão há muito isolados, entre os baixos salários dos filhos e as suas baixas pensões, que tornam qualquer extra incomportável. Devo dizer que não sei se há “sucesso” no caso português, há 800 mortos em Portugal por explicar em Março, números é coisa que deixei de ter como certo neste processo. E há outros factores que contaram mais do que o isolamento, somos uma periferia dos negócios, o principal vector de transmissão da doença, não somos Milão; e estamos no extremo da Península, rodeados de mar. Mas não tenho dúvidas de que uma parte dos portugueses vive uma vida normal tão anormal durante a normalidade que a quarentena deixa-os temerários da doença e do desemprego, mas não do isolamento. Porque o isolamento social já era, há muito, o normal.

2 thoughts on “O normal anormal

  1. Pois sim, concordo plenamente com a tua visao, ja ha muito que se adivinhava uma grande epidemia de carater existencial, concerteza que so alguns o admitiam, talvez aqueles que conseguiram preservar a sua sanidade mental nestes tempos tecnologicos. Muita força e continua com as tuas analises !!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s