Repensar todo o modo de vida

DGS faz apelo a “hospitais privados” sobre ventiladores porque médicos dizem que não temos suficientes e não há como comprar. Apelo? Então fizeram uma requisição militar contra motoristas que lutavam por 900 euros de salário, uma requisição civil contra enfermeiros que hoje estão a arriscar a vida por 1000 euros, entraram com uma força policial para furar a greve dos estivadores de Setúbal e aos accionistas dos hospitais privados fazem pedidos e “apelos”? Só para recordar que motoristas, estivadores e enfermeiros não têm direito a quarentena e estão na linha da frente ou na logística a trabalhar para garantir abastecimentos e saúde. Em Lisboa nem salário estão a receber no Porto perante a inação do Governo que, sendo um sector estratégico, devia ter já acabado com a concessão privada para impedir desabastecimento. Quando estes sectores fizerem greves, da próxima vez, caros amigos, greves por salários decentes, e o Governo lhes mandar para cima a tropa e a polícia, lembrem-se disto. Eles não têm direito à quarentena. Caro António Costa, quem vai para casa com 66% do salário vai com 400 ou 600 euros. Não paga a renda. E como se alimentam? Os lucros dos hospitais privados são milhões, é o segundo sector mais lucrativo do mundo. Não é preciso um “apelo” – é preciso requisição civil e – se necessário – militar. Aguarda-se aliás que todos os Partidos se pronunciem sobre isto. O Estado de emergência pode deixar alguém com 400 euros para viver e não pode requisitar materiais e cuidados de saúde? Citando um amigo meu, professor Henrique Silveira, matemático do Técnico que, desde 25 de Janeiro! tornou público no seu mural como ele previa a progressão da epidemia em Portugal – “a situação é muito grave, em uma semana podem esgotar-se os ventiladores, mas, ao contrário do que disse Costa, a espécie humana como um todo não está ameaçada – esta espécie de políticos sim”.

Aos médicos, enfermeiros, técnicos de saúde, motoristas, maquinistas, estivadores, empregados de supermercados e farmácias, gasolineiras, fábricas de produção de alimentos, e tantos outros que não estão de quarentena nem podem porque são vitais à nossa vida a minha vénia. Sois o nosso mundo, o nosso seguro de saúde, a nossa garantia. Serão milhões, não duvido, os que agora tomaram consciência da importância que tem quem vive do trabalho. Da importância dos bens públicos. Da saúde pública, universal e gratuita. Da centralidade do trabalho nas nossas vidas. Há um mundo novo por construir nos escombros deste onde os negócios de um accionista privado são protegidos mais do que a vida humana. Não vai ser fácil, escusamos de mentir, a regressão foi enorme, este vírus chegou no meio do declínio económico de uma sociedade doente que assentou na competição, no darwinismo social, no esmagar os de baixo, uma sociedade que chegou a este número irreal: 62 pessoas têm a riqueza de metade de tudo o que é produzido no mundo. Mas não é impossível – tudo aliás é impossível até se tornar inevitável. Mudar profundamente o nosso modo de vida tornou-se a partir de hoje inevitável.

10 thoughts on “Repensar todo o modo de vida

  1. Só não sou a favor do novo darwinismo o Charles em toda a sua obra apenas faz referência 1x à sobrevivência do mais forte já ao que nos permite sobreviver e proliferar como espécie é a nossa humanidade e a nossa capacidade de união e relação em simbiose que é mencionado dezenas de vezes. A extinção deste modo de vida capitalista e onde prolifera o lucro e a lei do mais rico vai chegar mais cedo do que se pensa. E vai chegar porque tem de chegar porque tudo na natureza encontra um equilíbrio até na humana

  2. Já não era sem tempo das chamadas para o Saúde24 fossem gratuitas, foi mais uma tentativa de acabar com SNS…https://www.arslvt.min-saude.pt/frontoffice/pages/2?news_id=34
    Destes 169 casos quantos estão nos hospitais privados? Como é do conhecimento geral, o PSD/CDS (e uns tantos do PS) ao longo dos anos têm tentado acabar com o SNS! No governo de Passos/Portas/Cristas tutelado por Cavaco, e apoiando/fomentado o PPP e, sempre na defesa dos Hospitais Privados e Seguros de Vida…Para acabar com o SNS…

  3. Já não era sem tempo das chamadas para o Saúde24 fossem gratuitas, foi mais uma tentativa de acabar com SNS…https://www.arslvt.min-saude.pt/frontoffice/pages/2?news_id=34
    Destes 169 casos quantos estão nos hospitais privados? Como é do conhecimento geral, o PSD/CDS (e uns tantos do PS) ao longo dos anos têm tentado acabar com o SNS! No governo de Passos/Portas/Cristas tutelado por Cavaco, e apoiando/fomentado as PPP e, sempre na defesa dos Hospitais Privados e Seguros de Vida…Para acabar com o SNS…
    Já agora, falta fechar as fronteiras.

  4. O surto de coronavírus representa um teste de fogo para os serviços de saúde europeus! Onde eu já ouvi isto!?

  5. “a espécie humana como um todo não está ameaçada – esta espécie de políticos sim”. 👏👏👏👏👏👏👏

  6. Um vírus coloca tudo em causa especialmente a ordem social.política e económica deste planeta.
    A democracia liberal está com o capitalismo desenfreado de mãos atadas face á sua atitude virulenta contra o mundo laboral.
    Aproveitemos os ensinamentos desta prova.
    Belo texto.

  7. Uma vénia a todos que, em casa, continuam a trabalhar e a manter em funcionamento as empresas que trazem riqueza ao país, para diminuir o impacto da crise no tecido económico nacional, que por estar maioritariamente concentrado no turismo, vai sofrer bastante. Não esqueçamos esses também.

  8. Excelente!
    Temo, ainda assim, que muitos nada aprendam com isto e que após o muito tempo que isto vai levar a passar, voltarão a não reconhecer o valor do Ser Humano, do seu Trabalho e da sua Dignidade! … Se, por engano do meu pessimismo, tal tiver sido aprendido, talvez nada tenha sido em vão e talvez se parta para um país, e um mundo, melhor, mais equilibrado, mais justo e mais Humano!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s