Robert Fior na Gulbenkian

Não deixem de ver na Gulbenkian a expoisção do designer gráfico Robert Fior. Marxista, da redacção da revista da organização trotskista inglesa International Socialists, veio para Portugal antes da revolução de abril, apaixou-se e por aqui ficou 40 anos a trabalhar. Em Portugal trabalhou muito com a revista do MES durante a revolução.

Do Expresso: “Robin Fior — Call to Action/Abril em Portugal” é, nas palavras da curadora, Ana Baliza, “uma exposição eclética”, que dá a conhecer o trabalho de um autodidata com “uma linguagem bastante livre: como ele nunca se agregou em termos formativos a nenhuma linguagem, acabou por conseguir navegar entre vários estilos”.
Robin Fior, que morreu em 2012, mudou-se para Portugal em 1973, para trabalhar na cooperativa de ‘design’ Praxis, fazendo “um corte bruto com um percurso de 20 anos [de trabalho] em Londres”.
“Depois do 25 de Abril [de 1974] acaba por ficar, entusiasmado com a ideia de participar numa revolução a sério”, recordou Ana Baliza, em declarações à Lusa, durante a montagem da exposição.”

Acaba este fim de semana

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s