Contas Incertas

Esta conta não tem qualquer verdade estatística. Embora esteja na aparência a denunciar uma injustiça.

Explico-me. As sociedades desiguais gostam da ideia de privatizar lucros e socializar prejuízos. Este “socialismo dos ricos”, isto é segurança dos rendimentos, é também ao nível simbólico. Passa-se a ideia de que todos e cada um de nós faz sacrifícios, é o “interesse nacional” ( a frase que mais repetem), ou “salvar a economia” não explicando se é a economia da casa de um operário ou médico ou dos herdeiros da família Espírito Santo, estaríamos assim todos – no fundo – no mesmo barco. Ora isso oculta algo factual. Flexível deve ser o trabalho, a acumulação deve ser isenta de quaisquer riscos – no fundo é isto o neoliberalismo pós 2008. O Estado deve intervir ao máximo para proteger as grandes empresas, e intervir ao máximo para flexibilizar a força de trabalho. Não querem menos Estado, querem um Estado forte com os fracos, fraco com os fortes.

Tenho lido estas notícias recorrentes “cada português dá para a banca x por mês”. Não. Não é cada português. São os portugueses que vivem do trabalho e que pagam impostos. Isto porque há parte dos portugueses – 47% de pobres – que não pode dar nada, por mais que desejasse salvar os capitais de banqueiros em apuros. E há uma parte dos portugueses que não dá – recebe: banqueiros, alguns empresários, investidores (na divida pública ou em imobiliário onde colocam capitais parados), accionistas de PPPs, membros de conselhos de administrações que recebem dividendos, etc. São os assalariados que têm pago esta factura – o que dá muito mais do que 15 euros por mês. Dá na realidade quebras reais de rendimentos na ordem de pelo menos 25% a 40% ( se contabilizarmos salário directo, indirecto, e relativo).

Não são 10 milhões a pagar. Alguns milhares – contando com as famílias – não andam “há dez anos a pagar”. Andam há dez anos a receber.

https://expresso.pt/multimedia/259/2018-11-29-Ha-dez-anos-que-cada-portugues-anda-a-dar-15-euros-por-mes-para-salvar-bancos?fbclid=IwAR1HBibpifqSjea5irgflBZAJ6E8TutpJJ-BGjcOi5vu83pjJIoSSuVv3TY

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s