Recursos desumanos

Em 1870 é apresentada no parlamento inglês, por ordem de sua Majestade, o Relatório sobre as Condições das Classes Trabalhadoras dos países estrangeiros . Um grupo de agentes consulares e diplomáticos envia de várias partes do mundo um relatório detalhado sobre que condições laborais iriam os capitalistas ingleses encontrar em cada país, desde Portugal ao Império Otomano, dos EUA à Grécia, com destaque para regiões – a Espanha tem um relatório por cada região. Nele podem ler-se o número de almas disponíveis para trabalhar, a sua formação média, tamanho da família, hábitos alimentares, habitação, higiene, trabalhos que podem ser ocupados por mulheres, meninas e meninos. No Império otomano há uma descrição detalhada das organizações associativas de artesãos e quanto ganham por categoria; o de Valência explica, além do número, que ganham mais no verão do que no inverno, provavelmente por escassez de força de trabalho disponível, já que estão a trabalhar nas próprias colheitas. O de Portugal recomenda os trabalhadores portugueses porque não bebem muito ao Domingo e por isso trabalham à segunda-feira, e porque “se contentam com pouco”. Aquilo que hoje seria um moderno estudo de gestão de recursos humanos, realizado provavelmente por uma consultora internacional, era já profundamente detalhado na Europa industrializada oitocentista – a visão do continente como um mercado de trabalho. Até onde podemos ir? Até onde nos deixarem.

Advertisements

2 thoughts on “Recursos desumanos

  1. Recursos desumanos….os humanistas como eu e a ilustre historiadora,sabemos o que o lobismo maconico,e capaz de fazer,tudo conspurcam,ate as relacoes com as pessoas.que fazer,o que eu faco,feliz,nao penso no que nao posso ter,basta a saude,todo o mundo gira,desejo—lhe saude e pertinencia,nas suas nobres actividades.bjs,daquele que a considera,desinteressadamente.excitante DONA.somos dois.

  2. Esperamos que tudo isto venha a mudar um dia, para melhor, porque estas politicas que estão a ser incrementada por este governo do PS do costa , e com apoio das UE /euros, e das sua muletas (P”C”P/Verdes, BE/UDP, Partido dos Animais-PAN) não me parece, que os reformados, pensionistas, operários e demais trabalhadores tenham, e venham a ter uma vida melhor… Devemos pensar sempre no futuro dos nossos filhos e netos, coisa que esta gente não pensa… Aliás, pensa só nos seus interesses!
    E mais não digo porque posso ser multado ou preso, como foi o caso da investigadora e bolsista Maria de Lurdes Lopes Rodrigues, que se encontra presa desde do dia 29 de Setembro de 2016, na prisão de tires/cascais, por ter ditos uma tantas verdades sobre a “justiça” em Portugal…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s