Porque a CGD não precisa de ser recapitalizada

A recapitalização da CGD pode ser o maior crime que a esquerda cometeu em 40 anos. Se for o que parece que é – limpar as dívidas de umas empresas amigas do regime – é um crime. O valor de garantir que estes donos destas empresas não perdem o seu dinheiro corresponde a retirar-nos a nós mais de metade do orçamento do SNS. Não há como pagar professores, médicos, lazer, informação pública, espaços e estruturas públicas, se se pagar esse dinheiro desses cavalheiros que a CGD deu sem garantias. O facto de Passos Coelho dizer que a CGD não precisa de ser recapitalizada não passa a dar razão a quem diz – PS. PCP e BE – que precisa. Passos Coelho não tem moral para falar de bancos e negócios do Estado. Mas neste caso é lamentável que ele, sem honra para o fazer, seja o único a dizer o que é – não há auditoria à CGD e a que há, feita pela mesma empresa, privada – não há repito auditoria pública – diz uma coisa e o seu contrário. A CMVI remete-se ao silêncio. O Banco de Portugal mostrou as contas?

Advertisements

One thought on “Porque a CGD não precisa de ser recapitalizada

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s