Nota sobre estudo do SNS

Sobre algumas cartas que recebi de enfermeiros e técnicos de diagnóstico fica aqui uma nota muito curta: apenas uma pequena parte do nosso estudo diz respeito ao esforço médico pós troika – ainda assim as conclusões são brutais e politicamente não podem ser ignoradas. Não calculámos o esforço dos enfermeiros e técnicos e outros profissionais e a razão é simples – não foi isso que nos pediram. Olhamos a saúde desde o Estado Novo aos nossos dias, como um todo, e na última parte debruçamos-nos sobre o esforço médico. Mesmo assim referimos ambos, em alguns dados, naturalmente não como central porque – sublinho – não porque não sejam centrais mas porque esse não era o âmbito do projecto que temos em mãos. Deve ser feito esse cálculo porém, para enfermeiros e outros profissionais para entender o SNS na sua totalidade – talvez não se chegue a conclusões muito distintas dos médicos. Infelizmente, se assim for. Porque a conclusão é da exaustão do mais importante e rico recurso que produzimos neste país – trabalhadores. Sem trabalhadores qualificados com salários dignos e carreiras protegidas podem exportar tudo o que se produz; vender todas as casas, e assim ter PIBs cintilantes. Mas jamais teremos um país com futuro.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s