O Sentido da Vida

Com o Padre Martins do Machico: “Aboli a confissão há mais de 40 anos, as pessoas vinham aqui dizer mal deste e daquele mas são incapazes de andar 5 metros para ir falar com o vizinho sobre o problema e resolvê-lo”. A frase que mais o marcou no 25 de Abril foi quando um estivador veio ter com ele a seguir ao golpe e lhe disse sorridente “Oh Sr Padre! Agora podemos tomar um fôlego!”.
“Nunca faço a geografia do além – o que conta é o que as pessoas fazem em vida”. “O sentido da vida é deixarmos a terra melhor do que a encontrámos, se eu não acreditasse no povo seria mais um pária – e esses não são mais felizes do que eu”.

13769635_10207048962077554_7804344807941220616_n

Advertisements

One thought on “O Sentido da Vida

  1. Quanta sabedoria sobre a vida! Aquela que nos importa.
    Quando li o título do post – O Sentido da Vida – pensei que era o de um livro de Julian Barnes, que adorei ler. Enganei-me: o livro chama-se “Os Níveis da Vida” (Ed. Quetzal); dele, um excerto: “Alguns elevam-se com a arte, outros com a religião; a maioria com o amor. Mas quando subimos também podemos despenhar-nos. Há poucas aterragens suaves”.
    Acredito que alguns destes pontos tenham sido focados durante a entrevista – que deve ser um assombro.
    Cumprimentos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s