Contratação Colectiva

Quando se defende a contratação colectiva deve-se recordar que hoje em parte da cadeia produtiva um contrato colectivo tem lá dentro 5 ou 6 contratos diferentes – não é um contrato colectivo mas uma soma de contratos que podem dar a trabalhadores com a mesma função metade da massa salarial – em salário directo, indirecto e segurança social. Há um ataque à contratação colectiva, para dobrar os último focos de resistência aos magros salários, mas é importante perceber em quais casos ela é colectiva e em quais casos ela sedimenta a desigualdade. O mundo laboral é um mundo complexo, raramente aquilo que parece é. Nem a legislação nem as formas de luta podem ter qualquer benefício se não identificam esta nova morfologia dos trabalhadores e sua expressão jurídica.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s