Sublime

Quando tiverem dúvidas de que a humanidade é um lugar extraordinário pensem que alguém fez isto, refez, fez de novo, acrescentou e tirou, errou e recomeçou, tocou mil vezes até parecer bem, chorou e sonhou ao som disto, que algures começámos nuns batuques animais semelhantes ao bater do coração quando estávamos em condição de chimpanzé e acabámos aqui, no sublime, no humano. Versão de arrepiar do concerto de Aranjuez.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s