Sobre debate na TVI

Sobre o debate ontem na TVI deixarei aqui em breve um artigo. Por agora deixem-me dizer o seguinte. Deixei clara a minha opinião sobre o tema. Não responderei naturalmente a nenhum dos insultos e devem aliás deixar de comentar neste mural, porque eu vou bloquear todas as pessoas que aqui deixaram insultos, assim que tiver tempo – não está entre as minhas prioridades matinais seleccionar falta de chá e de educação. Aprendam, tarde mas ainda assim a tempo, a viver com a diferença real de opinião – nós não pensamos juntos, cada um pensa de forma diferente, é assim na idade adulta, e confrontamos opiniões, sem recorrer à violência verbal. Se querem defender a vossa posição devem fazê-lo, dizer porque discordam de mim, sustentando se não querem fazer má figura, e aqui haverá sempre lugar para tal – debate livre e diferenças de opinião serão sempre acarinhadas neste mural. O resto é falta de educação elementar que aqui não terá espaço.
Sobre Sócrates não existe nada a não ser de um lado investigação e juízes sucessivos, e do outro a palavra de JS- quem quer acreditar num ou noutro deve fazê-lo. De um lado não conhecemos o processo e de outro temos a palavra de uma pessoa: é muito pouco, de ambos os lados. O que não se pode é aceitar a devassa inaceitável que foi feita sobre o Ministério Público, pilar do Estado Social e da mínima, ainda que mínima, protecção dos cidadãos contra o abuso de poder – e só sobre o MP – por Sócrates na entrevista. Que ocultou, repito, ocultou, sem contraditório, que o MP não decide a prisão de ninguém, nem tão pouco inicia uma investigação, recebe apenas a notícia de um crime, recolhe provas ou não e entrega aos juízes que decidem. Foram juízes, aliás sucessivos juízes e alguns em colectivo, até ao Supremo, que determinaram a prisão e a confirmação da prisão – estão todos movidos por ódio pessoal? No reino das possibilidades infinitas porventura, no reino da realidade altamente improvável. Agora a questão de fundo, que determinou a minha posição pública ontem, é que podem concordar ou não com estas medidas, decididas pelos juízes – repito, não pelo MP (ao contrário do que Sócrates deu a entender num monólogo de 3 horas!) – mas não podem aceitar num Estado de Direito que um ex. primeiro-ministro acuse publicamente uma instituição por factos que lhe são totalmente alheios.

Advertisements

3 thoughts on “Sobre debate na TVI

  1. Não estava nada à espera que fosse convidada para o debate na TVI fiquei muito admirado. Vou ser breve e nem vou alargar-me muito sobre o tema porque bem sei que a raquel vai ser alvo de muitos ataques neste artigo portanto não quero aparecer ao lado dessa gente.

    Gostei da sua intervenção principalmente quando confrontou números com o seu colega de painel. Mas, de uma forma geral esperava que se mantivesse fiel à sua área. Isto é, penso que seria interessante ter abordado o tema da corrupção num sentido histórico e cientifico, o que não foi feito. Também pensei ver poucos comentários a níveis juridicos da sua parte por uma razão muito simples, não sendo a sua área não ajudou nada ao debate pois não acrescentou nada relevante. Não me refiro na defesa que fez ao sindicato mas a momentos mais concretos sobre o processo, desculpe não me leve a mal. Mas deixe estar que a sua colega de painel é da área e também pelo que vi pouco sabe sobre direito portanto nem se notou 🙂

    Platão disse que o preço que pagamos pela nossa não participação na política é sermos governados por quem é inferior e a raquel ontem provou com a sua intervenção que estamos a ser governados por esta gente. Com os argumentos vagos, com as posições comprometidas, o painel como sempre maioritariamente com relações politicas e pouco consistentes. Parabéns.

    Há e parabéns à TVI24 por ter tido duas mulheres e um homem num debate importante e em horário nobre. Normalmente só dão direito a uma mulher e ás vezes essa mulher é a jornalista.

  2. Costumo gostar muito das suas intervenções, bem como dos seus artigos e livros, mas desta não gostei.
    Não se trata de analisar a simpatia que tenhamos pelo Sócrates ou pela sua actuação politica. O que se trata e penso eu que é sério é de analisar o comportamento do Ministério Público neste processo, porque, não tenhamos dúvidas, se não respeitam os direitos do Sócrates, como tudo indica que não estão a fazer neste caso, muito menos se sentiriam ou sentem obrigados a respeitar os meus ou de outro qualquer “Zé Ninguém”. Quando aceitamos que se prenda de forma injustificada e se presuma a culpa dum arguido estamos a abrir uma brecha para permitir que se faça o mesmo a todos os outros.
    Há muita coisa que não é nada linear neste processo. Por exemplo porque é que o crime de corrupção é investigado pelos funcionários de finanças de Braga. Não é um crime fiscal, daí o órgão de polícia criminal não é a autoridade tributária, e não se vê como a competência territorial pertença a Braga, O órgão foi escolhido? Não devia ter sido, parece-me.
    Porque é que o M.P. não precisa de cumprir o Acórdão da Relação?
    Há mesmo muita coisa por explicar e assim sendo o que ressalta à vista é o livre arbítrio com que age o M.P. e o Juíz de instrução que parecem defender interesses corporativos e sabe-se lá quais outros.
    Gostava de a ter visto discutir estes assuntos, não porque me comova o terror que o Sócrates ou os amigos e familiares dele sentiram, mas pelo terror que eu senti “SE LHE FAZEM ISTO A ELE O QUE FAZEM AOS OUTROS”?
    Acho muito bem que se COMBATA POLITICAMENTE o Socrátes. Isto Não! QUANDO VIRES AS BARBAS DO VIZINHO A ARDER PÕE AS TUAS DE MOLHO, diz o povo da minha terra.

  3. Estou completamente de acordo com o que a Raquel diz neste texto. Só lamento que os “meios de comunicação” andem a dar tempo de antena a este fulano. Tal como, agora nas presidenciais, dão voz aos 3 candidatos do bloco central e só a estes.
    .

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s