Sobre o salários dos maquinistas

A imprensa tem que ser mais cuidadosa, o direito a uma informação correcta é um direito democrático elementar. Há uns anos os comboios eram tripulados por um maquinista e um factor (nome que se dava ao funcionário que ia na parte de trás do comboio). O factor era responsável por algumas coisas no comboio: abertura e fecho de portas, evacuação de passageiros em caso de emergência, comunicação com a central de circulações e mais algumas. Em meados dos anos noventa, não recordo o ano, a empresa decidiu acabar com a categoria de factor e negociou com os maquinistas o acréscimo de funções. Assim, atribuiu 30% sobre o vencimento para que estes passassem a fazer o trabalho de dois funcionários e chamou a isso subsídio de agente único. Este subsídio já tinha sido instituído na antiga rodoviária nacional quando está acabou com os revisores.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s