Para Onde Vai Portugal?

Estive numa conversa muito divertida e séria sobre o ensaio Para onde Vai Portugal? (Bertrand) com Herman José no programa Há Tarde. Aqui fica o vídeo, para quem quiser dar uma olhada/pensada. De pedaços curtos da minha infância à emigração, do calçado que se exporta à dignidade do trabalho.

«A emigração é um exílio forçado. O direito a ir é também o direito e a ficar com emprego decente. A emigração, na maioria dos casos, é uma brutalidade porque implica a ruptura de relações que levaram décadas a ser construídas. Há casos minoritários em que a emigração significa construir novos laços afectivos e amorosos, na maioria não é porém assim, é expulsão do país, concorrência salarial, e diminuição da cidadania política».
Estive na conversa – entre risos e seriedades- sobre o ensaio Para onde Vai Portugal? (Bertrand) com Herman José no programa Há Tarde. Aqui fica o vídeo, para quem quiser dar uma olhada/pensada.

Advertisements

4 thoughts on “Para Onde Vai Portugal?

  1. Raquel Varela: Li o livro em cinco dias. Aprendi muito e verifiquei que fala em matérias que não vejo discutidas pelos comentadores habituais. A Europa está em declínio sem líderes democraticamente eleitos. O capitalismo selvagem foi organizado de modo silencioso, a moeda única serviu para criar ” mito das dívidas”. As histórias nunca foram bem contadas e estamos a chegar a uma situação que eu, infelizmente, não creio que seja de impasse. Estes senhores que mandam na Europa e nos EUA e Inglaterra tem muito poder e dinheiro. Está criada a “escravatura do século XXI. Existe uma palavra de esperança no seu livro mas implica força, solidariedade e junção de forças. O exemplo da Grécia mostrou que só o Podemos apoiou os Gregos. Existe saída? Estes períodos são cíclicos mas “quanto tempo cíclicos”? Sou médica aposentada e Professora da FCM da UN em regime pró-bonus e ainda trabalho. Preocupa-me o meu País e a forma como os Portugueses encaram esta situação e assisto a este declínio que parece que cada vez anda mais depressa. Estava tudo pensado e após a queda do Muro de Berlim chegou o momento de por em prática este projecto em que 1% mandam em 99%. A solução não pode ser só de um País mas de um continente que perdeu o melhor que tinha: a democracia e a solidariedade.
    Como juntar vontades e desfazer este projecto?
    Ana Aleixo

  2. Obrigado pelo belo livro que escreveu, onde muita coisa compreendi, pois não foi preciso ”entrelinhas”, tornando-se claro como água, qualquer aspecto da nossa vida actual mencionado na referida publicação. Fico à espera do seguinte na sua obra.
    Cumprimentos
    MadeiradaSilva

  3. Estou ainda incrédulo, removeu o meu comentário sem qualquer tipo de justificação ou explicação, ainda pensei, atendendo ao adiantado da hora, que não o teria enviado. Surpreendeu-me de facto. Tinha-a como uma pessoa civilizada, se não quer que participe neste seu espaço teria sido mais educado dizer-mo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s