O Direito à Greve

A luta real contra a pauperização leva ao aumento das políticas de coerção, repressivas, por parte do Estado. Faz mais a realidade pelo estudo dos regimes políticos do que milhares de folhas de papel. Cortar as asas à liberdade sindical para desmantelar a TAP engolindo esse valor para remunerar capitais falidos através do pagamento de juros da dívida – é isso que iria ser feito ao dinheiro que entraria da privatização. O Estado, utilizando toda a sua força, não em defesa da ética do bem público, da gestão dos bens comuns, mas contra quem trabalha. A consequência é o fim da TAP, é o isolamento maior do país porque grande parte dos voos passarão por Madrid, é a politica de destruição criadora – cria juros, destrói riqueza. Sou uma das primeiras subscritoras do Manifesto público contra a privatização da TAP, que junta desde António Pedro Vasconcelos, a Adriano Moreira, a Miguel Sousa Tavares, Camané, Tony Carreira, Rui Zink…, na verdade, a pergunta a esta altura não é quem é que é contra a privatização, mas quem é que é a favor? Ninguém, há sempre um ninguém, literário, neste país, uma fracção minoritária do regime que está disposto a vender a mãe, a mulher, a filha, para salvar os negócios de 2008. Se se concretizar esta privatização vai ser um acto ilegítimo, e realizada com base num princípio ilegal, uma requisição civil – que só pode ser legalmente feita já em greve e quando os serviços mínimos não são cumpridos. Se possível a democracia, se necessário a ditadura, em suma. Não estamos ainda em ditadura – é óbvio e as palavras não podem ser usadas sem critérios históricos – mas estamos claramente numa deriva semi bonapartista em que quando os trabalhadores demonstram toda a sua força em defesa do bem público, o Estado avança com a força bruta. Esperemos que a greve se realize e que a TAP não seja privatizada. Porque agora já não é só a TAP que está em causa, é o direito à greve.

Advertisements

One thought on “O Direito à Greve

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s